TRADITION

Long-term coastal adaptation, food security and poverty alleviation in Latin America

ERC-Consolidator Grant

TRADITION é um projeto de pesquisa financiada pelo ERC-Consolidator Grant que avaliará o desenvolvimento a longo prazo da pesca artesanal de pequena escala na América do Sul, e o seu legado para a atual segurança alimentar e a redução da pobreza. Nossa equipe interdisciplinar investigará a ecologia histórica da pesca de subsistência ao longo da Mata Atlântica durante os principais transições culturais e ambientais, e testará a hipótese de que a pesca teve um papel significativo durante a expansão agrícola nos tempos pré-colombianos, durante a colonização histórica e a urbanização dessa região, e que este longo processo histórico ainda ecoa nas pescarias artesanais atuais. O conhecimento tradicional na pesca artesanal é de extrema relevância nas políticas atuais sobre pesca sustentável e biodiversidade. No entanto, essas pescarias são historicamente invisíveis na maioria das regiões tropicais e subtropicais. Um reconhecimento completo de sua importância socioeconômica e ecológica exige uma compreensão temporal destas pescarias que transcende estudos de comunidades contemporáneas e tempos históricos mais recentes.

A pesca de pequeno porte na Mata Atlântica brasileira

A Mata Atlântica é um hotspot de biodiversidade a nível global onde encontra-se mais de 60% da população brasileira1. O desenvolvimento social, a conservação biológica e o manejo dos recursos naturais são temas de contínuo debate nesta região. Os estudos do conhecimento tradicional das comunidades costeiras da Mata Atlântica limitam-se a informações de algumas décadas. Esse litoral, no entanto, manteve populações humana há pelo menos 6.000 anos2, por meio de períodos de mudança ambiental, de transições social e econômica, além da introdução da agricultura e da colonização européia no início do século XVI. Os peixes e a pesca são essencialmente invisíveis nesse processo histórico3. O projeto TRADITION será executado em três áreas distintas de pesquisa: as costas sul (Santa Catarina), sudeste (Espírito Santo) e nordeste (Pernambuco, Bahia, Alagoas) do Brasil.

Segurança alimentar, desenvolvimento sustentável e conservação marinha são parte integrante da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável 2030 das Nações Unidas. Esses objetivos intergovernamentais tornam o projeto TRADITION estratégico e relevante além dos limites tradicionais da arqueologia. Nosso objetivo é demonstrar o potencial da ecologia histórica em questões prementes nas sociedades costeiras da América do Sul tropical e subtropical. Ao fazê-lo, pretendemos influenciar a agenda de formação de estudantes de graduação e de pós-graduação em arqueologia e história da América do Sul, e enfatizar a relevância das disciplinas envolvidas na atual agenda de desenvolvimento.

TRADITION reúne uma equipe de pesquisa multidisciplinar e transnacional para abordar objetivos específicos
Objetivos da pesquisa

A pesca artesanal é multidimensional e, como tal, sua análise requer uma abordagem inter, trans e multidisciplinar.
Metodologia

Conheça a equipe, conselho consultivo, administradores e colaboradores da TRADITION
A equipe

Este projeto recebeu financiamento do European Research Council (ERC) no âmbito do programa de pesquisa e inovação Horizonte 2020 da União Europeia, sob o contrato de subvenção no 817911